Número total de visualizações de página

Os meus blogues

Os meus blogues...

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

«L´ESPAGNE LIBRE» - (´A ESPANHA LIVRE`) - ACTUALITÉ. Collection dirigée par Georges Bataille

      «A ESPANHA LIVRE» - «L'ESPAGNE LIBRE» - «FREE SPAIN» - «ESPAÑA LIBRE
                       ´GOOGLE LIVRE`- ´GOOGLE LIBRE` - «FREE GOOGLE»
                  «APÊLO À LIBERDADE ´TOUT COURT` DE DIVULGAR A ´VERDADE`»



«L'ESPAGNE LIBRE»
´A ESPANHA LIVRE`
 ACTUALITÉ
Collection Dirigée par Georges Bataiille.
CALMAN-LÉVY 1946
Impresso no 4º trimestre de 1945.



‎ Textos de Albert Camus, Jean Camp, Jean Cassou, J. Quero Molares, André Camp, Robert Davée, Robert Grénier, Georges Bataille, Federico Garcia Lorca, Albert Olivier, W._ Auden, Maurice Blanchot Ernest Hemingway e de novo Georges Bataille. Concebida  de início como uma revista, o projecto veio a abortar!
Foi assim que ´ACTUALITÉS`se tornou em uma série de ´Cadernos`sob a direcção  de Georges Bataille. Apenas o primeiro número, ´L' ÉSPAGNE LIBRE` ,  viu a luz do dia. Aí Bataille publicou dois textos: ´As pinturas políticas de PICASSO` e a propósito de ´POR QUEM OS SINOS DOBRAM` de HEMINGWAY.
O exemplar aqui reproduzido herdei-o da Biblioteca de meu falecido Pai, encontrando-se em muito mau estado, devido à qualidade do papel (a segur à Guerra) e à exposição à luz!
Ontem à noite lembrei-me de o ´postar`depois de tomar conhecimento das limitações (impostas) à GOOGLE, empresa e ´browser`que me alberga e divulga! 




´Às dezenas de milhares, os republicanos espanhóis vieram dar a sua vida, cobrindo-se de glória em Narvik, em Bir-Hacheim, na Síria, na Tunísia, na Normandia, em Paris, nas guerrilhas do ´maquis`francês, nas estepes da Rússia e em centenas de outros lugares: tanto na marinha de guerra como na mercante, nos exércitos de terra como nos do ar, nas tropas aerotransportadas e nos serviços especiais. Será que alguém fará ideia da grandeza deste sacrifício? Pois bem! eu diria que o número de Espanhóis que voluntariamente combateu nas fileiras dos Aliados é de longe repito-o mais uma vez - maior que o dos mercenários recrutados sob coacção em Espanha pelos gangsters da imprensa falangista para formar a ´Divisão Azul`.`
                                                                                                                          Dr. NÉGRIN
                                                                                                         Discurso de 2 de Janeiro 1945


JUAN NEGRÍN, ocupou o lugar de Presidente do Governo da República de Espanha de 1937a 1939 e, após a derrota, foi Presidente do Governo da República no exílio até 1945!



Assim é...caiu-lhes na mão o poder e como diz o povo: ´Se queres ver um vilão põe-lhe a vara na mão`!!!...

Saudações à/ao GOOGLE e a minha solidariedade pela sua luta pela liberdade de INFORMAÇÃO!

Sem comentários:

Pesquisar neste blogue