Número total de visualizações de página

Os meus blogues

Os meus blogues...

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

«MOURIR À MADRID» - ´L´histoire vécue de la guerre d'Espagne` -Frédéric Rossif - Madeleine Chapsal - Marabout Université





          Em Madrid, em novembro 1936. Republicanos e Franquistas 
 confrontam-se nos edifícios da Cidade Universitária



   «MOURIR À MADRID»
´L´histoire vécue de la guerre d'Espagne`
    (´MORRER EM MADRID`)
(´A história vivida da guerra de Espanha´)
Filme de Fréderic Rossif
Texto de Madeleine Chapsal
Este volume é o 40º da Colecção
Marabout Université
Éditions Seghers
Paris - 1963
151 págs.




        17 de Julho de 1936. O exército subleva-se no Marrocos espanhol       
18 de Julho. A revolta estende-se a toda a Espanha. 
O exército de África chega a Sevilha                             


EM GRATA MEMÓRIA DO AMIGO ALCINO DE SOUSA...E DE SUA MUITO
AMADA ALBINA E DA FILHA DE AMBOS - A DANIELA




SI ME QUIERES ESCRIBIR

Si me quieres escribir, ya sabes mi paradero,
Si me quieres escribir, ya sabes mi paradero,
En el frente de Gandesa primera linea de fuego.
En el frente de Gandesa primera linea de fuego.

Si tu quieres comer bien, barato y de buena forma. (2x)
En el frente de Gandesa, alli tienen una fonda. (2x)

En la entrada de la fonda, Hay un moro Mojama (2x)
Que te dice, "Pasa, pasa que quieres pata comer." (2x)

El primer plato que dan, son grenadas rompedoras (2x)
El segundo de matralla para recordar memorias (2x)

...

Los moros que trajo Franco
en Madrid quieren entrar
mientras queden milicianos
los moros no pasarán.

Si me quieres escribir
ya sabes mi paradero
Tercera Brigada Mixta
primera línea de fuego.

Aunque me tiren el puente
y también la pasarela
me verás pasar el Ebro
en un barquito de vela.

Diez mil veces que los tiren
diez mil veces los haremos
tenemos cabeza dura
los del Cuerpo de Ingenieros.

En el Ebro se han hundido
las banderas italianas
y en los puentes solo quedan
las que son republicanas.

...

lf you want to write me a letter, you already know my whereabouts.
I'm on the Gandesa Front, in the first line of the fighting.

If you want to eat your fill, good food and not too many pesos,
On that bloody battlefield stands an inn where you are welcome.

At the entrance of this inn there waits a moor by name Mohammed,
Who warmly greets you, "Hurry, hurry, rare and spicy food awaits you.

The first dish which they serve is hot grenades in quick succession,
Followed by a burst of shrapnel, makes a meal you'll all remember.


The Weavers were able to play the music of the Spanish Civil War during the 1950's in places like Carnegie Hall without people really twigging to what was going on.

Den spanske borgerkrig
http://82.143.209.25/1936-1939/spanie...
http://www.leksikon.org/art.php?n=2408

The Spanish Civil War
http://www.spartacus.schoolnet.co.uk/...

THE MAIN EVENTS OF THE SPANISH CIVIL WAR
http://www.users.dircon.co.uk/~warden...

THE SPANISH CIVIL WAR 1936-1939 Calendar
http://lacucaracha.info/scw/diary/cal...

Musik
http://82.143.209.25/1936-1939/ernstb...

Songs Of The International Brigade
http://zerogsound.blogspot.com/search...



«CITATIONS DU PRÉSIDENT LIOU CHAO-CHI» (Liu Shaoki) - Em memória - Pierre Belfond



´Le Nouveau Petit Livre Rouge`
´O Novo Pequeno Livro Vermelho`
´le livre interdit du Khrouchtchev chinois`
´o livro interdito do Kruschev chinês`









  «CITATIONS DU PRÉSIDENT
   LIOU CHAO-CHI» (Liu Shaoki)
(´Citações do Presidente Liu Chao Chi`)
Prefácio de Maurice Ciantar
Traduzido do chinês por Yves Dulaurens
Éditions Pierre Belfond
Paris - 1969
189 págs.
D.L. : 1º TRIMESTRE 1969


«Até à sua eleição à Presidência da República em 1959, pouca gente, quer na China como no estrangeiro, conhecia o nome de Liu Chao-Chi (Liu Shaoki). Foi necessário acontecer o início da Revolução Cultural. a 25 de Maio de 1966, para que a opinião pública mundial se familiarizasse com o seu nome.
Afinal quem é Liu Chao-Chi?

Será o ´Kruschev chinês`, que intentou meter Mao Tse-tung (Mao Zedong) «no caixote do lixo da História»? Na verdade existiram de modo bem acentuado duas Chinas, uma delas anterior  e a outra posterior à Revolução Cultural, porém como diz o próprio Liu Chao-chi: «Ninguém neste mundo pode de facto evitar ser mal compreendido: cedo ou tarde os mal-entendidos se dissiparão».

Este livro constitui o contra-balanço necessário ao «Pequeno Livro Vermelho» de Mao Tsé-tung, foi interditado na China da época. Uma única edição, pirata, viu o dia em Hong Kong e é essa da qual o presente livro constitui uma edição apresentada por Maurice Ciantar».








«MEMÓRIAS DO CANTO LIVRE EM PORTUGAL» - VIALE MOUTINHO - COL. MÚSICA E COMBATE - FUTURA









«AVEC DOUGLAS BRAVO DANS LES MAQUIS VÉNÉLUÉZIENS» - «DOSSIERS PARTISANS» E O «CHE» - «A NOSSALUTA NA SIERRA MAESTRA» - A REVOLUÇÃO... POR ELE PRÓPRIO









A VENEZUELA NÃO É UM PROBLEMA NOVO!!!

A AMÉRICA LATINA É UM BARRIL DE PÓLVORA!!!



«PROGRAMA DO PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS» E «O FANTASMA DE STALIN» -JEAN-PAUL SARTRE -PAZ E TERRA



MAS QUEM CRIOU OS COBARDES «COMITÊS BÉRIA» FORAM OS MAOÍSTAS, QUE SE REIVINDICAVAM OFICIALMENTE DE ESTALINE E COMEÇAVAM A DEBANDAR PARA
OS PARTIDOS DE PODER ( BURGUESES) - E A PALMA DE OURO ERA «OUSADA»!!!...


«SOCIALISMO SEM DOGMA» = «SOCIALISMO NA GAVÊTA»





REVISTA «OPÇÃO» - ANO 1-Nº1 -DE 29 DE ABRIL A 5 DE MAIO DE 1976

«FEIRA DAS VAIDADES»

DIRECTOR : ARTUR PORTELA FILHO

domingo, 30 de agosto de 2009

ERNESTO «CHE» GUEVARA - OEUVRES (OBRAS) 6 VOLS. - FRANÇOIS MASPERO - PETITE COLECTION MASPERO







«A DESCOBERTA DE UMA CONSPIRAÇÃO» - A ACÇÃO SPINOLA



«A DESCOBERTA DE UMA CONSPIRAÇÃO» 
        ´A  ACÇÃO-SPINOLA`
GÜNTHER  WALLRAFF
em  colaboração  com
HELLA  SCHLUMBERGER
Tradução: R.M. PEIXOTO
Capa: JOSÉ CÂNDIDO
LIVRARIA  BERTRAND
LISBOA, 1976
2.ª Edição
Título original: 
«AUFDECKUNG EINER VERSCHWÖRUNG.
DIE SPINOLA-AKTION»

NOTA: As referências nominais que aparecem neste livro são da inteira responsabilidade dos 
             interveniente nos diálogos. Existem gravações dos mesmos que comprovam esta afirmação.
             Ressalva-se a hipótese de estes mesmos intervenientes poderem lançar tais nomes sem
             estarem efectivamente seguros dessa informações.

A ´Descoberta de uma Conspiração` é o livro que continua a acção corajosa e astuciosa do jornalista GÜNTHER WALLRAFF, no sentido de descobrir e desmascarar os preparativos para um golpe de 
direita em Portugal.
A ´ACÇÃO-SPINOLA´ não estava planeada, como as outras acções levadas a cabo por Wallraff. 
Não foi disfarçado, quando foi a Portugal, para trabalhar uns meses numa cooperativa no Alentejo. 
Só numa pequena saltada ao Norte é que graças à sua vigilância e à sua experiência, logrou descobrir 
as pistas dos conspiradores, viu neles os actores de uma aliança reaccionária, que já mantinha contactos 
com o estrangeiro, de onde recebia ajuda. Precisamente por isso é que Wallraff conseguiu, como 
alemão, chegar à confiança dos golpistas aliados do ex-presidente Spínola. També ao general pareceu
cível poder receber da RFA uma ajuda substancial para os seus planos. Não se trata de uma obra
de ficção, embora tudo isso pareça incrível. É uma obra documental - como quase todas as obras 
de Wallraff - mostrando que a direita reaccionária não hesita nos meios para atingir os seus fins.
Apessoa humana não conta.

O facto de Spínola ter sido expulso da Suíça e de «Corrécio» - o Eduardo - o capitão Duarte e
outros bombistas terem sido presos prova que Wallraff estava na pista certa.
Numa democracia estes jogos sujos têm que vir a público; o povo, vítima potencial destes 
conspiradores, tem o direito de saber o que se passa nos bastidores. Wallraff ajuda-nos, com 
este seu livro a saber o que muitos queriam silenciar.


                                                     GÜNTHER  WALLRAFF


Günther Wllraff nasceu perto de Colónia em 1942. A sua primeira actividade foi a de livreiro. Até 1965 trabalhou como operário em diversas empresas industriais. Escreveu as «Reportagens Industriais». Escreve
13 ´Reportagens Indesejáveis` (1969) e ´Novas Reportagens, Investigações, e Exemplos Didáctico`(1974).
Em 1975 esteve em Portugal, onde procedeu a investigações que deram origem ao presentlivro.
Hella Schlunberger, jornalista e voa conhecedora da língua portuguesa contribuiu para o sucesso da descoberta da conspiração!

NO RESCALDO DA CHAMADA REVOLUÇÃO CULTURAL: «AS RAIZES DA ´SINOFILIA´ OCIDENTAL»




«TÁBUA RASA DA CONFUSÃO» E ORGANIGRAMA APRESENTADO EM «HISTÓRIA DO MOVIMENTO TROTSKYSTA EM FRANÇA»




«V. I. LENIN EN BELLAS ARTES»












Pesquisar neste blogue