Número total de visualizações de página

Os meus blogues

Os meus blogues...

terça-feira, 31 de agosto de 2010

«SEMIOLOGIA - POÉTICA - EPISTEMOLOGIA» - Roman Jakobson





«SEMIOLOGIA - POÉTICA- EPISTEMOLOGIA»
 Roman Jakobson
Tradução: Maria Clara Machado Grácio
Supervisão de Manuel Barreto 
(Universidade do Minho)
Capa e Plano Gráfico : Alberto A. Peixoto
Copyright para os países de língua portuguesa:
António Manuel Correia
Edições Espaço
Braga
1ª Edição - 1978 (2.000 ex. - Janeiro de 1978
Título original:
Roman Jakobson
L'ARC nº 60, 1975

NÓTULA PREAMBULAR À EDIÇÃO PORTUGUESA

O nº 60 da L'ARC dedicado a Roman Jakobson veio a público em Françaem 1975. O espaço de tempo daí decorrido até à edição portuguesa em aspecto algum reduz o interesse, a importância e a oportunidade das suas páginas e o facto é tão real que se tem como certo vir esta tradução prestar um útil serviço a quantos, entre nós, se dedicam à linguística ou a ela recorrem como ciência piloto que se projecta noutros campos
....
A acção desenvolvida por JAKOBSON é por demais conhecida e respeitada nos meios linguísticos e nos que se tomam como seus afins: na verdade não haverá, aí, quem quer que não deva alguma coisa ao seu magistério, mesmo quando o reticenciam - circunstância que apenas dignifica e torna mais prezável o mesmo magistério. Porém atribuir à obra jakobsiana, como insinua Nattiez, a conceituação e a formulação do estruturalismo parece um gesto francamente desmesurado e que o próprio linguísta rejeitará.
...
...este volume da L'ARC, para além do seu indiscutível mérito como documento relativo ao estruturalismo e sua história, oferece ainda uma aspecto que particularmente o valoriza: é que se trata de uma obra de polémica.
...
Sejam, ou não, disputáveis alguns aspectos do seu pensamento científico, Roman Jakobson é
uma figura proeminente no panorama não só da Linguística Contemporânea como no dos saberes onde ela tem influído. Conhecer este mestre é um imperativo elementar, em especial num meio como o nosso, já tocado e confundido com desordenadas extrapolações de ´escolas` e onde muitos são os que discreteiam sobra Linguística, mas poucos os que a ela verdadeiramente, se dedicam.

Manuel Barreto  
(Universidade do Minho)
....

Nota de estima:
Ao António Manuel Correia  (´Tó`) que teve a coragem de, num momento de confusão social, discernir e assumir a responsabilidade de editar textos tão fundamentais, através de `Edições Espaço`, hoje quase caídos no olvido...

Bem hajas!!!


Sem comentários:

Pesquisar neste blogue