Número total de visualizações de página

Os meus blogues

Os meus blogues...

sábado, 7 de agosto de 2010

«CIÚMES, LOUCURA, MORTE» - CARLOS CASTILLA DEL PINO




«CIÚMES, LOUCURA, MORTE»
  CARLOS CASTILLA DEL PINO

TRADUÇÃO: FRANCISCO TELHADO
REVISÃO: DOMINGAS CRUZ
CAPA: LETO-PUBLICIDADE
EDIÇÕES TEMAS DE ACTUALIDADE, S.A.
Depósito legal: 10096/96
ISBN: 972-748-119-1

TÍTULO ORIGINAL: ´CELOS, LOCURA, MUERTE
EDICIONES TEMAS DE HOY, S.A. ( T,H. ) - MADRID, 1995


´Só se pode falar de ciúmes quando aparece um terceiro elemento, o rival que compete com o ciumento pela propriedade do objecto amado.`
´A loucura é uma forma de existência. Como o é a prudência. Mas, além disso, é um projecto de existência para o louco e, por isso, a sua razão de viver, o que dá sentido à sua vida.`

´Morre, morrendo, aquele que sabe que o seu corpo se extingue, aquele que tem experiência de que a sua vida biológica como processo da totalidade do seu organismo está próxima do seu fim e, com ela, a sua vida biográfica.`

`Ciúmes, loucura, morte: três grandes temas que ao longo dos tempos suscitaram apaixonantes polémicas, três teorias do homem que Carlos Castilla del Pino - o eminente psiquiatra espanhol - analisa com mão de mestre, abrindo múltiplas perspectivas de diálogo.`




Sem comentários:

Pesquisar neste blogue