Número total de visualizações de página

Os meus blogues

Os meus blogues...

sábado, 11 de setembro de 2010

«CRÍTICA DA TOLERÂNCIA PURA» - R. P. Wolff, B. Moore Jr. , Herbert Marcuse



«CRÍTICA DA TOLERÂNCIA PURA»
Tradução: Ruy Jungmann
da edição publicada em 1969
por Beacon Press, de Boston
Capa: Érico
Atualidade
Zahar Editores
Rio de Janeiro - 1970
Título original: «A Critique of Pure Tolerance»
1965, Robert Paul Wolff,  da Universidade de Colúmbia
1965, Barrington Moore, Jr. , da Universidade de Harvard
1965, 1969, Herbert Marcuse, da Universidade da Califórnia (San Diego)


Reúnem-se neste livro três estudos de contundente actualidade sobre ´Filosofia` da tolerância -sua natureza, sua configuração histórica, sua presença mistificada no seio da sociedade contemporânea, capitalista ou socialista.
Partindo de pontos de vista diferentes, derivados da formação filosófica de cada um dos autores,
chegam eles a uma conclusão unificada sobre o problema em estudo: a de tanto a doutrina quanto a prática da tolerância passaram a ser, em graus diversos, apenas máscaras de hipocrisia que escondem realidades políticas. A tolerância evidencia-se, pois, como factor de irrupção regressiva, ou seja, aquilo que era na sua origem, dentro do vasto contexto política ocidental.
O paralelo entre o título deste livro e o da obra máxima de Kant, ´Crítica da Razão Pura`, foi evidentemente, decisão voluntária dos autores, o que, de certa maneira, explica ser o livro informado numa espécie de metodologia kantiana: estudam-se, na verdade; as condições válidas de uma realidade ´Apriorística` - a tolerância ser um ´fim-em-si-mesmo`.
Em importante ´post scriptum` datado de 1968 e acrescentado a esta edição, Marcuse reafirma os seus conceitos iniciais e aponta, mais uma vez, a tolerância como um elemento constitutivo da própria vida, o fruto amadurecido de uma sociedade verdadeiramente livre.

´Robert Paul Wolff ´ - membro do Departamento de Filosofia da Universidade Colúmbia e autor de ´Kant's Theory of Mental Activity` e ´The Poverty of Liberalism`.

´Barrington Moore Jr.` - do Centro de Pesquisas Russas da Universidade de Harvard e autor, entre outros livros de ´Political Power and Social Theory` e ´The Social Origins of Dictatorship and Democracy`

´Herbert Marcuse`- Professor de Filosofia na ´Universidade da Califórnia` ( San Diego) e leccionando também na ´Universidade Brandeis` , é o mundialmente famoso autor de ´Eros e Civilização» e ´Ideologia da Sociedade Industrial`, que como afirmamos na descrição dos acontecimentos dos anos 60, particularmente do MAIO de 1968, teve uma enorme fortuna!

Sem comentários:

Pesquisar neste blogue