Número total de visualizações de página

Os meus blogues

Os meus blogues...

sexta-feira, 18 de maio de 2012

«O NOVO ESTADO INDUSTRIAL» - JOHN KENNETH GALBRAITH



«O NOVO ESTADO INDUSTRIAL»
JOHN KENNETH GALBRAITH (1908-2006)
Tradução de ÁLVARO CABRAL
Colecção ´PERSPECTIVAS DO HOMEM`
Volume 30
Série Sociologia
Direcção de MOACYR FELIX 
(2778)
Desenho da capa: MARIUS LAURITZEN BERN
EDITORA CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
RIO DE JANEIRO, 1969 (2ª edição)
1ª edição, 1968
456 págs.


Título original: «THE NEW INDUSTRIAL STATE» (1967)




J. K. GALBRAITH, foi Professor de Economia na Universidade de Harvard, embaixador dos EUA na ÍNDIA, conselheiro de J. F. KENNEDY . J.K.G. foi um intelectual de alto nível que nunca usou antolhos e não se enquadrou em quaisquer ´ortodoxias` . Neste seu brilhante livro e provocador ensaio, bastante volumoso, denso e de acesso difícil, que é «O Novo Estado Industrial», o autor executa um corte longitudinal das sociedades tecnicamente avançadas - tomando como objecto de análise a sociedade americana - concluindo que tanto o mundo capitalista como o socialista (1967) se iriam encontrar numa convergência tecnológica, promovida pelos imperativos do desenvolvimento e da modernização tais como à época existiam. Para J.K.G. a tecnologia deve estar ao serviço da cultura e da paz, podendo conduzir a humanidade a um futuro brilhante!...


O objectivo geral do autor consiste em descrever o novo estado industrial, isto é, o conjunto das grandes empresas da época (cerca de 500) responsáveis por mais de metade da produção industrial dos EUA. Galbraith realça os contornos desse estado industrial: só se pode abordar e entender como um todo!


Este denso e volumoso livro divide-se em 35 capítulos, antecedidos por um prólogo e acrescentados por um apêndice. ´Os 10 primeiros capítulos` estabelecem os alicerces sobre os quais assenta o livro` (prólogo), sendo frutuoso conferir-lhes um lugar especial. Aí se podem encontrar as definições fundamentais que vão servir de esteio às demonstrações de Galbraith. Torna-se por essa razão essencial o domínio seguro das análises aí feitas ... sem esta preocupação torna-se impossível a sua compreensão. São de facto ´10 momentos`...


Os 25 capítulos seguintes desenvolvem de modo sistemático as várias consequências dos postulados prévios!







Sem comentários:

Pesquisar neste blogue