Número total de visualizações de página

Os meus blogues

Os meus blogues...

segunda-feira, 7 de junho de 2010

«DICIONÁRIO DAS REVOLUÇÕES MODERNAS» - Edward Hyams



«DICIONÁRIO DAS REVOLUÇÕES MODERNAS»
 EDWARD HYAMS
TRADUÇÃO: LUIS CORÇÃO
REVISÃO: SALVADOR PITTARO
CAPA: SALVIO NEGREIROS - STUDIO ARTENOVA

EDITORA ARTENOVA - RIO DE JANEIRO
em coedição com o CENTRO DO LIVRO BRASILEIRO
Lisboa - Porto - Luanda
1975

TÍTULO ORIGINAL:
A DICTIONARY OF MODERN REVOLUTION
EDWARD HYAMS
1973

A Revolução é uma constante na História do Homem. Está nas escolas e nas universidades, na política e nas prisões, nas ambições nacionais e nas ideologias sociais. Em última análise, naturalmente, as suas raízes remontam aos tempos da árvore de Adão, mas através dos séculos viemos sempre constatando sucessivos estágios do seu desenvolvimento.
Neste dicionário, Edward Hyams, sociólogo e historiador autodidacta de grande prestígio na Inglaterra, regista aqui as suas manifestações durante o séc. XIX e apresenta pormenores sobre homens e movimentos, sobre instituições e acontecimentos que forneceram os elementos cataclísmicos ou catalíticos.
O autor examina as ideologias desde o anarquismo ao sionismo, os movimentos de guerrilhas revolucionárias desde a Bolívia até ao Zaire, incluindo, de passagem, os Panteras Negras, o Sinn Fein e o Umkhonto we Siswe, bem como técnicas que incluem o boicote, a propaganda e o poder estudantil. Marx e Engels são personagens relativamente familiares numa galeria em que vamos encontrar também Castro. Oswald Mosley, Nasser, Plekhanov e Uncenda.
Trata-se de um trabalho que pode servir como referência ou fonte de elucidação para o leitor comum e por acréscimo pode também servir de orientação para os aspectos mais turbulentos da situação do mundo moderno.

Sem comentários:

Pesquisar neste blogue