Número total de visualizações de página

Os meus blogues

Os meus blogues...

sexta-feira, 15 de junho de 2012

A «PEQUENA ENTENTE» e as consequências políticas do «EIXO ROMA-BERLIM» (25 de Outubro de 1936)







A reconstituição política, iniciada pela assinatura, entre a Itália fascista e a Alemanha nazi, do Eixo Roma-Berlim a 25 de Outubro de 1936, determinou, logo de seguida, reacções divergentes e independentes nos três Estados da «Pequena Entente» (Checoslováquia, Jugoslávia e Roménia).
O lema de Mussolini e Hitler consistia em «dividir para reinar», tendo produzido, como era de esperar,
os primeiros resultados de dissociação.
Há que assegurar que tudo está pronto!... Assim a Itália e a Alemanha repartiam a influência na Europa central, a Alemanha encarregava-se da Checoslováquia e da Roménia, e a Itália da Austria, da Hungria e da Jugoslávia. Em Viena tudo foi preparado! A Itália prepararia Belgrado, que faria a paz com Budapeste. A Alemanha trabalharia de seguida, para abrir um corredor que lhe iria permitir, no caso de um ataque à Rússia, uma via de acesso fácil!... Essa operação foi de imediato ´baptizada`
pelas ´chancelarias`: intitularam-na de «pequena revisão»...Um pedaço de território era retirado à
Checoslováquia e à Roménia com a finalidade do estabelecimento do ´corredor` desejado.
Para além dessas ´manipulações`, um acordo económico faria circular na Europa central todo o trigo da bacia do Danúbio, sendo que os acordos militares protegeriam os mais fracos e não teria de voltar
a pensar-se na restauração dos Habsburgos!




http://fr.wikipedia.org/wiki/Petite_Entente
http://www.dw.de/dw/article/0,,310513,00.html
http://hemeroteca.abc.es/nav/Navigate.exe/hemeroteca/madrid/abc/1936/04/05/039.html
http://skocky-alcyone.blogspot.pt/2012/06/b-mussolini-edition-definitive-des_09.html


Sem comentários:

Pesquisar neste blogue