Número total de visualizações de página

Os meus blogues

Os meus blogues...

sexta-feira, 15 de junho de 2012

«A ´VERDADE` sobre as RELAÇÕES GERMANO-SOVIÉTICAS de 1939 a 1941» - DEPARTAMENTO DE ESTADO (EUA)


«THE DEPARTMENT OF STATE»



    
   «LA VÉRITÉ SUR LES RAPPORTS 
 GERMANO-SOVIÉTIQUES de 1939 à 1941»
  («A VERDADE SOBRE AS RELAÇÕES
 GERMANO-SOVIÉTICAS de 1939 a 1941»)
Tradução de Jean Sendy
ÉDITIONS FRANCE-EMPIRE
PARIS, 1948
255 págs.


ORIGINAL:
«NAZI-SOVIET RELATIONS. 1939-1941»
Documents from the Archives of German Foreign Office
Edited by Raymond James Sontag and James Stuart Beddie







PREFÁCIO DA EDIÇÃO AMERICANA

Em 1945, os exércitos americanos e britânicos apoderaram-se dos Arquivos do Ministério alemão dos Negócios dos Estrangeiros, em razão de os alemães os terem retirado de Berlim em direcção à frente ocidental. A exploração e investigação destes Arquivos pelos Serviços do 2º Gabinete começou desde logo! Tornou-se imediatamente evidente que os documentos relativos aos objectivos e aos métodos da política estrangeira da Alemanha deveriam ser objecto de publicação a fim de prestar esclarecimentos á opinião mundial, incluindo a opinião alemã!
No mês de Junho de 1946, o Departamento de Estado e o Ministério dos Negócios Estrangeiros britânicos acordaram em patrocinar conjuntamente a publicação de cerca de vinte volumes de documentos susceptíveis de ilustrar a política estrangeira da Alemanha de 1918 a 1945. O Governo francês tornou-se parte deste Acordo. Os documentos deviam ser publicados no texto alemão original e os mais importantes seriam publicados igualmente em tradução inglesa. Convencionou-se que a selecção e a edição deveriam ser efectuadas com a maior objectividade científica e que, com o objectivo de obter anais da política estrangeira alemã que apresentassem um carácter autêntico e científico, seria feito um apelo simultâneo ao concurso de sábios independentes e de sábios ao serviço do Governo. Cada Governo reservou-se o direito de publicar separadamente qualquer parte dos documentos. O Departamento de Estado decidiu publicar separadamente os documentos mais significativos respeitantes ás relações germano-soviéticas durante o período de 1939 a 1941. Esta selecção foi efectuada pelos editores dos documentos em Washington, Raymond Sontag e James Stuart Beddie, com a colaboração de Jean Brownell Dulaney.


ADVERTÊNCIA DOS EDITORES AMERICANOS

Os editores escolheram, tendo em vista a presente publicação, todos os documentos essenciais à compreensão das relações políticas entre a Alemanha nazi e a União Soviética, desde os primeiros esforços tentados para alcançar um acordo, na primavera do ano 1939, até à abertura das hostilidades, no mês de Junho de 1941. A publicação completa que será levada a cabo sob o patrocínio do Governo americano, britânico e francês terá na devida conta os pormenores complementares e os documentos que colocam de modo acessório à luz do público as relações germano-russas, porém o seu interesse principal terá na devida consideração outros problemas. Os fastidiosos acordos relativos à delimitação das fronteiras e o volumoso pormenor das relações económicas ficaram reservados para uma publicação mais completa. Todavia, certos documentos que resumem determinadas negociações económicas foram incluídos na presente obra. Todos os documentos foram integralmente publicados, sem cortes, nem alterações.
As traduções, salvo aquelas que são da responsabilidade do cuidado dos editores, foram efectuadas pelo Serviço Central das Traduções do Departamento de Estado e revistos pelos editores. Os editores operaram com total independência e assumem a responsabilidade da escolha dos documentos apresentados.

                                                         Raymond James SONTAG.
                                                                James Stuart BEDDIE.

PREFÁCIO À EDIÇÃO FRANCESA

O prefácio e o antelóquio da edição americana explicam amplamente o sentido e a finalidade da publicação dos documentos retirados dos arquivos secretos da Wilhelmstrasse.  O editor francês, decidiu deixar-se guiar pela única preocupação de apresentar rapidamente ao público francês uma tradução destes textos inéditos e necessários à compreensão da história contemporânea. Com esse cuidado de informação imparcial, não admitiu qualquer corte nos documentos publicados.
O tradutor, por seu lado, não hesitou em sacrificar por vezes a elegância do estilo à fidelidade do texto em inglês!

                                                              Jean SENDY
                                                           e
                                                        Editions France-Empire



                                                 ASSINATURA EM MOSCOVO DO ACORDO GERMANO-SOVIÉTICO




http://skocky-alcyone.blogspot.pt/2012/05/embaixada-em-moscovo-embajada-en-moscu.html
http://skocky-alcyone.blogspot.pt/2008/11/homenagem-ao-espio-do-sculo-sorge.html

Sem comentários:

Pesquisar neste blogue