Número total de visualizações de página

Os meus blogues

Os meus blogues...

quarta-feira, 6 de junho de 2012

(B. MUSSOLINI) - «Édition Définitive des Oeuvres et Discours de BENITO MUSSOLINI» vol. I - «OBRAS E DISCURSOS» de B. Mussolini





«ÉDITION DÉFINITIVE DES OEUVRES ET
DISCOURS DE BENITO MUSSOLINI» - Vol. I
(«Edição definitiva das Obras e Discursos 
   de Benito Mussolini» - vol.I)
Tradução de Maria CROCI

´Campagne pour  l'intervention de l'Italie`
(´Campanha pela intervenção da Itália`)
`Mon journal de guerre`
(´Meu diário de guerra`)
´Naissance du fascisme`
(´Nascimento do fascismo`)

FLAMMARION, ÉDITEUR
PARIS, 1935
379 págs.


       
             ADVERTÊNCIA

Os adversários, bem como os admiradores do Duce, irão ler, assim o pensamos, com um interesse
apaixonado, a série de obras que tivemos a boa fortuna de apresentar ao público francês: é constituída por um conjunto único de páginas da História contemporânea.
Aqui se poderá encontrar, Benito Mussolini genuíno e decorpo inteiro: aqui se encontrará (e por assim dizer face a face) o criador da Itália nova, seja como soldado, polemista, diplomata, orador, e mesmo, homem de letras, ou de aventura, dramaturgo.
Agradecemos ao Autor, e ao seu Editor de Itália, Senhor M. Ulrico Hoepli, ter-nos dado e mesmo oferecido - em exclusividade para a França - este documento de alta classe.
Tivemos, naturalmente, o cuidado de fornecer ao leitor uma tradução fiel, integral, e isenta. (´sans
parti pris`).

                                                                                                OS EDITORES


    

       INTRODUÇÃO DO AUTOR

O editor Hoepli empreende a edição de uma obra pela qual lhe dirijo os meus mais vivos agradecimentos. A publicação dos meus discursos e dos meus escritos, bem como os de Arnaldo Mussolini, pode ter uma certa utilidade, sobretudo sob o ponto de vista da documentação histórica.
Desde o ano 1914, já tão distante, vinte anos decorreram, repletos de acontecimentos, dos quais o
Destino se encarregou de fazer de mim quer espectador, quer protagonista. A vida durante esse
período de tempo desenrolou-se a um ritmo tão rápido quanto atormentado, de tal modo que a
simples recordação surge submersa e mesmo esmagada pela quantidade diversa e dramática de factos ocorridos. Aqueles que lerem estes volumes da edição definitiva, tal qual foi preparada pelo
editor em grande estilo e de mérito indiscutível como Ulrico Hoepli, cujo nome é amplamente
conhecido, poderão reviver os acontecimentos ao saborear as frases. Seguirão em seu rigor
cronológico os inícios, os desenvolvimentos, as conclusões e poderão, finalmente, condensar em
uma síntese o tempo de esplendores e de misérias no qual tudo parece ser dominado pela lei da
celeridade.
Não reconheço à minha prosa qualquer particular mérito literário e estou bem longe de crer que o texto destes destes volumes possa oferecer a todos o mesmo interesse. Lembro desde já que 
muitos dos meus discursos e artigos foram feitos de improviso conforme o impunha a circunstância.
Assumem por vezes um tom agressivo que na hora actual foi ultrapassado sem correr o risco de
constituir risco de fazer perigar a obra inteira e o encadeamento das ideias.
Ouso crer que através destes volumes, os distraídos do presente e as gerações vindouras terão a possibilidade de de compreender a razão pela qual a Itália de hoje é tão profundamente diferente 
da Itália de outrora. De uma guerra e de uma revolução, manifestações desta capacidade e desta vontade de poder que se torna sempre um imperativo dos povos dignos da História, surgiu a nossa Itália romana - rude e contudo humana, a Itália fascista que ainda prende a atenção e as esperanças
do universo inteiro.

                                                                                   MUSSOLINI

Roma, outubro do Ano XI E. F
     
         (outubro de 1933)


ANTES DA ENTRADA EM GUERRA (15 de novembro 1914 - 24 maio 1915)
(de assinalar o editorial do primeiro nº de «POPOLO d'ITALIA», 15 novembro 1914)

DURANTE A GUERRA (1915 - 1917)

DIÁRIO DE GUERRA (1915 - 1917))

SUPLEMENTO AO DIÁRIO DE GUERRA

EM DIRECÇÃO A VITTORIO VENETO (23 fevereiro 1917 - novembro 1918)





Sem comentários:

Pesquisar neste blogue