Número total de visualizações de página

Os meus blogues

Os meus blogues...

sexta-feira, 20 de abril de 2012

«OS JUDEUS» - ´FÉ E DESTINO` - PAUL DÉMANN




 «OS JUDEUS»
´FÉ E DESTINO`
PAUL DÉMAN
Tradução: Uma religiosa de Sion
Colecção «SEI E CREIO»
´Enciclopédia do Católico do Século XX` - nº 134
LIVRARIA EDITORA FLAMBOYANT - 1962
BRASIL


Edição original: «LES JUIFS» - ´FOI ET DESTIN`
Colection «JE SAIS-JE CROIS» - Nº 134
´Encyclopédie du catholique au XXème siècle`
Librairie Arthème Fayard
PARIS - 1961


NOTA INICIAL: Foi em Setembro de 1952 que Robert Barrat apelou a Stanislas Fumet, 
e na qual participou G. - H. de Radkowski, ao lançamento de uma enciclopédia católica que evitasse os erros da velha ´apologética` !
Daniel Rops tomou a direcção da colecção que tem a designação acima referida e foi
assistido pelo saudoso Jean-Marie Paupert!
Pensou-se no início incluí-la na CCIF - Centro Católico dos Intelectuais Franceses e mesmo na velha colecção «ECCLESIA». Finalmente, optou-se pela ARTHÈME!...


A Igreja Católica encontrava-se no termo do Pontificado de PIO XXII e a ideia desta colecção serviu para dar aos leigos um enquadramento teológico que os preparasse para o Concílio VATICANO II, que na altura ainda nem se almejava no horizonte! ...
Com JOÃO XXII e PAULO VI, tudo se facilitou e foi finalmente possível o lançamento de livros sem a necessidade de atacar outras confissões ou religiões!


A obra em epígrafe, foi por mim escolhida dadas as minhas raízes familiares e em homenagem ao POVO DA ALIANÇA!


É interessante notar que a obra antes de editada e até escrita teve duas designações diferentes: OS JUDEUS NOSSOS IRMÃO MAIS VELHOS (´Aînés dans la fois: les Juifs`) e OS JUDEUS VETERANOS DA FÉ!


Ainda hoje, para muitos cristãos, a história do judaísmo termina com o nascimento do cristianismo ou, pelo menos, sepulta-se nas trevas de uma sobrevivência miserável e decadente. Não serão porém essas trevas as da ignorância, ou talvez, as trevas do desconhecimento que séculos de separação, de conflito e de ressentimento autorizaram e propagaram? Ora eis que o mundo cristão descobriu com surpresa que esse ´fóssil`  «VIVE»; que depois da mais terrível catástrofe da sua história - seis milhões de judeus consumidos pelos fornos crematórios dos nazis retornou à TERRA SANTA e recriou um Estado judeu moderno: «ISRAEL»?!...




Sem comentários:

Pesquisar neste blogue