Número total de visualizações de página

Os meus blogues

Os meus blogues...

sexta-feira, 13 de abril de 2012

«A ANGÚSTIA DO TEMPO PRESENTE E OS DEVERES DO ESPÍRITO» - 1953 - 8º ENCONTRO INTERNACIONAL DE GENEBRA



                 «A ANGÚSTIA DO TEMPO PRESENTE E OS DEVERES DO ESPÍRITO»


                    RAYMOND DE SAUSSURE - PAUL RICOEUR - MIRCEA ELIADE
                  ROBERT SCHUMAN - GUIDO CALOGERO - FRANÇOIS MAURIAC


(1953) 8º dos


«ENCONTROS INTERNACIONAIS DE GENEBRA»
        ´Texto integral das conferências e debates`
            Tradução de MÁRIO BRAGA


PUBLICAÇÕES EUROPA-AMÉRICA
Edição nº 8012/1404
Lisboa, Novembro de 1968
464 págs.


Título original: »L'ANGOISSE DU TEMPS PRÉSENT ET LES DEVOIRS DE L'ESPRIT»
Les Éditions de la Baconnière, Neucâtel, 1953
388 págs.




Nenhuma assembleia internacional, nenhum agrupamento de intelectuais, de artistas ou de pensadores veio a ter, nas décadas que se sucederam à 2ª Guerra Mundial, a projecção universal dos ENCONTROS INTERNACIONAIS DE GENEBRA, reunião magna das principais figuras das diversas escolas de pensamento e da actividade filosófica, política e social do mundo contemporâneo.
Periodicamente, reúne-se essa assembleia para discutir os mais graves problemas que nos afligem e que perturbam a vida a vida hodierna, ou porque se referem a novos aspectos de comportamento social, ou porque são ainda manifestações informes de um ´novo homem` que dia a dia se vai revelando, ou porque se situam na crista de uma problemática cada vez mais vasta e enredada em tão melindrosas implicações que só a dicussão serena e a exposição leal de pontos de vista, contrditórios que sejam, poderá esclarecer.
Encontramos neste volume, , segundo orientações extremamente diferenciadas e por vezes antagónicas, todos os momentos das discussões desenroladas em Genebra, durante as conferências que abordam o tema da angústia.
Assim, o Dr. Raymond de Saussure manteve-se fiel, na sua comunicação de psicanalista, ao papel da observação e da clínica. Paul Ricoeur tentou fixar os diversos níveis da angústia, partido do nível vital, que concerne a vida e a morte, para atingir a angústia metafísica, que recapitula todos os diferentes níveis. A esta análise existencial, lúcida e apaixonada, sucede-se a comunicação do historiador Mircea Eliade, que, com toda a autoridade da sua ciência, pôde estabelecer um curioso confronto Oriente- Ocidente, do ponto de vista debatido. Com Robert Schuman abre-se a perspectiva do homem de acção e do político e com a comunicação de Guido Cologero quase se atinge a verdadeira moral do problema. Finalmente, François Mauriac expõe, de forma comovente, os diversos ângulos de incidência da angústia humana na perspectiva cristã.




Nota: ´A Comissão organizadora do Encontros Internacionais de Genebra sente-se feliz por ter o ensejo de exprimir ... a sua gratidão a todos cujo generoso apoio permitiu estes VIII E. I. G. fossem coroados de êxito, e em particular à U. N. E. S. C. O.  e às autoridades cantonais de Genebra.




DISCURSOS DE ABERTURA: (3 DE SETEMBRO DE 1953)


Albert Picot - conselheiro de Estado
Antony Babel - presidente da Comissão Organizadora : «Diagnóstico da Angústia Contemporânea»


Raymond de Saussure: ´O aspecto psicológico da angústia` - Conferência de 2 de Setembro
Paul Ricoeur: ´A verdadeira e a falsa angústia` - Conferência de 3 de Setembro
1º DEBATE PÚBLICO, presidido por Charles Baudouin: ´O aspecto psicológico da angústia` - 4 de Set.
Mircea Eliade: ´O símbolo religioso e a valorização da angústia`- Conferência de 4 de Setembro
2º DEBATE PÚBLICO, presidido por Victor Martin: ´Verdadeira e falsa angústia`-  5 de Setembro
1º DEBATE PRIVADO, presidido por Henry Ziègler: ´Verdadeira e falsa angústia II` - 5 de Setembro
                                                                                ´O simbolismo religioso e a valorização da angústia`
2º DEBATE PRIVADO, presidido por Henri Gagnedin: ´Ética e estética` - Exposição de Ernest Ansermet 
                                                                                                                   7 de Setembro
Robert Schuman: ´As causas sociais e políticas da angústia` - Conferência de 7 de Setembro
3º DEBATE PÚBLICO, presidido por André Guinand: ´As causas sociais e políticas da angútia` - 8 de Set.
Guido Calogero: ´A angústia e a vida moral` - Conferência de 8 de Setembro
3º DEBATE PRIVADO, presidido por Jean-Rémy Christen: ´A angústia e a vida moral` - 9 de Setembro
4º DEBATE PÚBLICO, presidido por George Friedmann - «Debate especial em estreita colaboração com
                                                                                           a U. N. E. S. C. O.»:
 ´As condições intelectuais e morais das condições de trabalho na sociedade contemporânea` - 10 Set.
François Mauriac: ´A vitória sobra a angústia` - Conferência de 10 de Setembro
4º DEBATE PRIVADO, presidido por Albert Rheinwald - 11 de Setembro:
                                   ´O simbolismo religioso e a valorização da angústia III`
                                   ´A angústia e avida moral II`
5º DEBATE PÚBLICO, presidido por Antony Babel: ´A angústia e a vida moral II` - 12 de Setembro 



Sem comentários:

Pesquisar neste blogue