Número total de visualizações de página

Os meus blogues

Os meus blogues...

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

«A DIPERSÃO DOS SEPHARDIM» (´Judeus Hispano-Portugueses`) - Amílcar Paulo - Biblioteca Nova Crítica




«A DISPERSÃO DOS SEPHARDIM»
      (´Judeus Hispano- Portugueses`)
Amícar Paulo (1929-1983)
Capa: Óscar Carneiro
          sob fotografia representando o toque do Schofar
Biblioteca Nova Crítica (bne) - 10
Editora Nova Crítica
Porto- 1978








«Amílcar Paulo (1929-1983) que foi membro da União Mundial de Estudos Judaicos (World Union of Jewish Studies), tomou parte em vários congressos e realizou inúmeras conferências. O seu interesse  pelo estudo  dos criptojudeus, tema a que dedicou grande parte da sua labuta de investigador, veio-lhe muito cedo, pois já em 1956 publicava o seu primeiro estudo relacionado com este tema - «Os Marranos em Trás-os-Montes - Reminiscências judio-portuguesas», onde apresenta um grande número de orações e práticas religiosas. Foi esse o seu primeiro trabalho de recolha directa, que abrange parte do leste transmontano e revela grande esforço de investigação oral, realizado em ambiente fechado e receoso, em diferentes e distanciadas povoações, que nem sequer possuíam os indispensáveis recursos para regular estadia.
Em 1958 percorreu a Beira Alta, com o propósito de ampliar o seu estudo de 1956. Aí também trabalhou em idêntico ambiente e o resultado dessa digressão foi inserido no seu estudo «Os Marranos nas Beiras».
O conhecimento de todo o material recolhido, orações e práticas religiosas interessa fundamentalmente aos estudiosos etnográficos e folclóricos, constituindo precioso material de difícil aquisição, pela manifesta relutância que os adeptos sentiam em transmiti-las para pública revelação.

O presente estudo, é outro tema a que o etnólogo Amílcar Paulo dispensou grande interesse e que bem merece a atenção pública para que possa narrar-se a verdadeira acção deste povo estranho, sempre malquisto e incompreendido, no seio da colectividade nacional».



                                                                     
  ARCA  SANTA



´Arca` onde de guardam os ´Livros Sagrados` na velha Sinagoga de Livorno (Itália). É tradição local que esta ´Arca` foi levada para ali pelos emigrantes israelitas peninsulares supondo-se originários de Portugal.

Nota: Em Livorno viveu um dos maiores teólogos judeus de sempre: Elie Benomazegh! Autor de uma obra fundamental: «Israel e a Humanidade»... Esta obra é uma surpresa para quem a lê, pois revela a tradição «Noáquida», que considera o Cristianismo muito importante para o futuro do Judaísmo...
SAM LEVY, ´o Bom Samaritano` falou-me desse autor com entusiasmo!






«ISRAËL ET L'HUMANITÉ»
      Élie  Benomazegh
Nova edição inteiramente revista
(é uma condensação em língua
  francesa do original)
Prefácio de Aimé Pallière
Présence du Judaïsme
Éditions Albin Michel
Paris, 1961
Nº de edição: 3145
Depósito legal: 2º trimestre de 1961






Sem comentários:

Pesquisar neste blogue