Número total de visualizações de página

Os meus blogues

Os meus blogues...

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

RICHARD SORGE - HOMENAGEM AO «ESPIÃO DO SÉCULO» (XX)



-Depois de variadas tentativas de assinar, à revelia dos «Acordos de Yalta», um convénio de rendição condicional entre o III Reich e os aliados ocidentais da URSS, podendo até almejar conseguir uma ofensiva conjunta entre estes e o que restava do Nazismo contra Estaline; depois de o sucessor de Hitler, Grande Almirante Doenitz, ter enviado Friedeburg e até o General Jodl, ao Quartel-General de Eisenhower a fim de assinar o acto de cessação de hostilidades na frente ocidental; a 7 de Maio de 1945 foi assinado em Reims, no Quartel-General do comando anglo-americano, o protocolo preliminar da capitulação das tropas alemãs perante os representantes do comando militar dos EUA, da INGLATERRA e da URSS.
A 8 de Maio de 1945, em Karlshorst, situado nos arredores de Berlim, perante os representantes da URSS, EUA, INGLATERRA e FRANÇA, o antigo Chefe do Estado Maior do Alto Comando alemão, um dos principais criminosos de guerra, Marechal Keitel, firmou o acto definitivo da capitulação sem condições da Alemanha.
Um homem extraordinário, pela coragem, inteligência e capacidade de decisão não só não pôde estar presente, como não pôde saber nada sobre este acontecimento, para o qual tanto contribuiu: RICHARD SORGE! Aquele que Hans Helmut Kirst imortalizou num romance -SORGE, o espião do século- tinha sido enforcado a «7 de Novembro» de 1944, acusado de espionagem a favor da URSS, depois de ter sido detido em 18 de Outubro de 1941, ter sido julgado e ter ficado prisioneiro na Embaixada da Alemanha, em Tóquio.
SORGE, admirador de ROSA LUXEMBURGO, membro do K.P.D. ( Partido Comunista da Alemanha ), militante do Partido Comunista da URSS, destacado militante do KOMINTERN ( Internacional Comunista ), foi encarregado, pelo seu CENTRO de espionagem, de criar um núcleo ( a que se chamou Ramsay ) destinado a obter informações úteis à segurança da UNIÃO SOVIÉTICA.
Em 1939, informou sobre a intenção de Hitler em esmagar a Polónia; em 1940 as intenções em relaçâo à França; a 2 de Maio desse ano informou que Hitler decidira invadir a URSS.
A 15 de Maio de 1941, anunciou que a ofensiva se daria a 20 ou 22 de junho; a 22 de Junho a Alemanha invadiu a URSS. Em 26 desse mês enviou uma mensagem por rádio dizendo que se dedicaria ainda com mais afinco ao seu trabalho.
Informou Estaline da intenção do Japão em não invadir a URSS, o que permitiu a transferência das tropas do extremo-oriente soviético, para a defesa de Moscovo. Informou sobre o ataque a Pearl Harbour.
SORGE, finalmente detido, defendeu-se corajosamente, alegando lutar por uma causa de defesa de um ideal humanitário, contra a barbárie racista, nazi e do Japão.
Ainda viveu tempo suficiente para saber da vitória de Estalinegrado, da reconquista das Filipinas, em suma, de que a vitória final era certa! Só não estava vivo a 8 de MAIO de 1945!...Foi conduzido ao suplício e executado a 7 de NOVEMBRO de 1944, dia da celebraçâo da REVOLUÇÃO SOVIÉTICA: foi uma vingança refinada!!! SORGE encarou a morte com grande calma; antes da abertura do estrado do alçapão onde o colocaram para ser enforcado e sobre o qual se mantinha de pé, com a corda no pescoço, ainda teve tempo de dizer distintamente:

«Viva o Partido Comunista! Viva a União Soviética! Viva o Exército Vermelho! »


«CAMARADE SORGE»

Author:
NICOLE CHATEL ET ALAIN GUÉRIN ( avec la collaboration de KEIKO KISHI ),Julliard,Paris. POSTFACE D'YVES CIAMPI
ISBN:
A fim de resolver o enigma SORGE, os autores decidiram escrever este livro। Para isso, deslocaram-se a BERLIM, TÓQUIO, MUNIQUE, WASHINGTON, PARIS, MOSCOVO, onde na companhia de KEIKO KISHI, seguiiram as pégadas de RICHARD SORGE...

Sem comentários:

Pesquisar neste blogue